31 de julho de 2012

Viaduto de Ovil - Linha do Douro

A bacia hidrográfica do rio Ovil tem a sua origem no ribeiro dos loureiros, na freguesia de Loivos do Monte em Baião. É delimitada pelos cabeços das Serras da Aboboreira e do Castelo, de formação granítica.

O rio Ovil tem a sua foz no rio Douro, mais concretamente no lugar de Portomanso, na freguesia de Ribadouro.

Como linha de água mais importante que alimenta este rio, existe o ribeiro do Govê. Localizam-se ao longo desta bacia, as freguesias de Loivos do Monte, São João de Ovil, Campêlo, Govê, Grilo, Santa Leocádia, Ancêde e Ribadouro, todas elas no conselho de Baião.

Rio Ovil no Km 70,900 da Linha do Douro.

Ao fundo , o viaduto de Pala - Linha do Douro

IR 863 procedente de Porto-S. Bento e com destino a Régua de passagem pelo viaduto de Ovil.

A beleza prodigiosa do Douro estende-se por 927 km, contorcendo-se por exuberantes paisagens de uma fauna e flora riquíssimas.

Encontramos facilmente casas abrasonadas, pousadas acolhedoras, grandes quintas e solares, intimamente ligados à História, em muitos dos quais se pode pernoitar ou mesmo passar umas férias mais calmas e culturais.


Interregional Comboio n.º 866 na estação de Mosteirô com destino ao Porto.

A estação de Mosteirô serve a freguesia de Ribadouro, situada na margem direita do Douro e pertencente ao concelho de Baião, assim como o concelho de Resende, situado na margem oposta.

Os entusiastas no final do passeio !! Missão cumprida !

Para além de esplêndidos panoramas sobre o Douro e sobre os concelhos da outra margem - Cinfães e Resende - , destaca-se na localidade uma curiosa ponte de caminhos-de-ferro com diversos arcos redondos de cantaria, assim como o cais de Porto Manso, local abrigado para a acostagem de embarcações.

Embrenhados nos vestígios do passado, descobrimos um território em que a paisagem foi moldada em prol das necessidades dos povos, que habitaram aquelas terras ao longo dos séculos. Explorar o Douro é conhecer de perto a mãe natureza e regressar a tempos remotos da humanidade. A cada esquina ouve-se o murmúrio de lendas e histórias de antigas civilizações, que deixaram rastos da sua passagem.

Km 71 da Linha do Douro !!!

A escassos metros do viaduto de Ovil.

Pare, escute e olhe...uma mensagem que nunca se deve esquecer !

O Entusiastas com dificuldades em subir a encosta !

São vários os locais onde se podem apreciar as paisagens infinitas do Douro. Seja nos miradouros ou nas praias fluviais, viajando de automóvel, de comboio ou em cruzeiros, ninguém fica indiferente ao observar as belezas naturais da região

3 comentários:

Rui disse...

Que maravilha de cenário. O Douro...belissimo !

Damião Vieira disse...

Grandes fotos de uma reportagem excelente.
Um abraço ao amigo Luís Miguel..

Luis Miguel disse...

Caros amigos ,

obrigado pelas vossas visitas e comentários !!!

Abraço

Luis

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Related Posts with Thumbnails
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Ramal Cantinho dos Comboios

  ©Template by Cantinho dos Comboios